quinta-feira, 1 de outubro de 2009

O vazamento criminoso do ENEM

Fiz questão de começar reafirmando o óbvio, que o vazamento do ENEM foi um crime, gravíssimo por sinal! Esperamos, portanto, todo o empenho da Polícia Federal quanto à apuração dos fatos. Que os criminosos sejam apontados publicamente, e punidos com todo o rigor da Lei pela Justiça!

Afinal, são milhões de reais de prejuízo, para o país, e dezenas de milhões de famílias envolvidas, não só os estudantes! Fora os inúmeros profissionais, como eu, da Educação, e mais os que trabalham nas Universidades, responsáveis pela preparação do vestibular. Sendo que dezenas destes, nas Federais, mais importantes, usarão as notas do exame!

Enquanto escrevo, vou lincando reportagens sobre o assunto... Aproveite, baixe e veja as provas!

Os prejuízos não materiais serão incalculáveis! O exame, que tinha tudo, e ainda tem, para ser um marco de mudanças fundamentais visando melhorar justamente o calcanhar de Aquiles da Educação nacional, a qualidade, vai ter sua credibilidade arranhada! Sem dúvida! Esta foi uma das principais razões levantadas pela COPEVE/UFMG para a não adoção do exame, pelo menos neste ano... E ela estava coberta de razão... Aliás, veja esta entrevista tocando no assunto, de 2005! Eu e muitos outros cantaram esta pedra também, até recentemente... Veja a postagem que fiz ontem, no Twitter!

Porém, sem dramas, e com realismo, é bom analisar as conseqüências deste adiamento com calma. Não creio que isto seja capaz de alterar o resultado da prova! Alunos bem preparados se dão bem, e os mal preparados se dão mal! Hoje ou amanhã, tanto faz! Quem trabalha em escolas, como eu, está careca de ver prova ser adiada pelos mais diversos motivos, inclusive este, sigilo!

De qualquer forma, como a prova necessariamente irá para uma data próxima de outros importantes vestibulares, irá sobrecarregar milhões de estudantes! Sobrecarga que, justamente, o ENEM tem a finalidade de evitar! Eu mesmo terminei cursos de preparação para o exame esta semana. E já na semana que vem começo cursos específicos para a UFMG, diga-se de passagem, das UNIVERSIDADES, considerada a melhor do país!

O aluno do 3º ano não poderá fazer dois cursos extras, e terá que escolher... Eu priorizaria a UFMG, pois quem está bem preparado para ela, como o Ministro da Educação sempre disse, estará também para o ENEM.

Cabe notar da estranheza deste vazamento! Afinal, já tivemos outros casos de fraude em vestibular. E as QUADRILHAS envolvidas tinham interesses econômicos, óbvio! Mas, não me lembro de um caso de venda de gabarito ou de prova para jornais... Aliás, se eu quisesse ganhar dinheiro, e grosso, com o ENEM, e fosse criminoso, o último lugar que procuraria seria um jornal!

Explico: R$500 mil diz o Estado de São Paulo sobre o valor pedido pela prova... Continha simples: um curso de Medicina, a R$3 mil por mês, durante 6 anos ( = a 72 meses) sairia só de mensalidade a R$216 mil. Acrescentando alimentação, transporte, material didático, muitas vezes alojamentos em outras cidades, como as classes alta e média alta pagam tranquilamente a seus filhos, dá aí, mole mole, uns R$300 mil. Ora bolas: quantos pais nada honestos não pagariam uns R$100 mil por uma prova destas, para economizar vendo seus filhos estudando numa Federal? Fora o status e o peso do diploma ante muitas particulares, de qualidade duvidosa...

Assim, sei não, este vazamento é muito, muito estranho... Não custa nada lembrar, por exemplo, que o Estado de São Paulo é um dos jornais mais ferrenhos em oposição ao governo atual, que criou o Novo ENEM. Por que um golpista procuraria exatamente este jornal? Com tantos outros veículos de comunicação? Somente uma grande coincidência? Só falta o jornal alegar "sigilo de imprensa" para não prestar as devidas informações à Polícia Federal! Neste caso, sou obrigado a considerar que ele ficará completamente desmoralizado, afinal este crime afetou toda uma população!

Ou, como lembra bem o Ministro Fernando Haddad, ano passado já foram algo em torno de 3 milhões de inscritos, e nunca, note bem, nunca, houve vazamento! Não que se tivesse notícia... Nem levando em conta que, já antes, o ENEM selecionava para o PROUNI, programa de bolsas do governo... Ou mesmo que antes algumas federais já adotavam o exame, por exemplo, como parte da nota ou da redação. Tudo muito nebuloso... Aguardar, para ver...

É bom observar o relevante detalhe de que ninguém destes vendedores de araque aparentemente levantou nem um centavo com esta suposta venda! Por que alguém cometeria um crime, sendo em seguida facilmente indiciado, a troco de nada? Pois é evidente que um jornal não pecisaria pagar nada para ter um ótimo furo de reportagem! E isto é tão óbvio quanto 2 + 2 são 4! A não ser que... A não ser que o único objetivo fosse o escândalo, e o desgaste do governo, não é mesmo? Mais este consórcio picareta, imprimindo provas na gráfica da Folha? Estranhíssimo!

O INEP que trate também de cuidar da segurança da prova, sua total responsabilidade! Se são milhões de inscritos e a logística é complicada, problema do INEP! Não passa da sua mais básica obrigação! Notícias como as acima, "questão da Mafalda, bandeira com verde suprimido representando o desmatamento", dão conta que a prova vazou, sim! Uma vergonha!

No momento, as orientações que temos, e que devemos levar em conta, é para ficarmos tranqüilos, o ENEM será aplicado em uns 45 dias, a nota deverá sair portanto só em Janeiro, e as regras continuam sendo as mesmas.

Assim, como faz o bom mineiro, bom mesmo é estudar bastante e botar as barbas de molho... O lema que não me canso de repetir: trabalhar mais e chorar menos! Que algo me diz que deste mato ainda sai mais coelho!

3 comentários:

  1. Igor F. Vanucci - Anglo SL1 de outubro de 2009 18:46

    É, falou tudo Rodrigo...também descobri um bocado de coisa q n tinha noção antes de ler sua postagem. Parabéns ae ótimo post.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Rodrigo. Transtorno para todos nós.

    Por outro lado, podemos ter acesso à prova e perceber o formato original, acrescentando boas informações às dicas que estamos dando aos nossos alunos.

    Um abraço,
    Prof_Michel

    ResponderExcluir
  3. Pois é,Rodrigo.Concordo com você.
    E manter a segurança num concurso de tal magnitude é certamente mais difícil,ainda que ele siga,o mesmo padrão de vigilância dos outros.Além das dificuldades comuns a todos, nesse caso são milhões de provas que precisam chegar a 10.000 localidades em 1800 cidades, uma logística jamais vista num vestibular.È uma enorme responsabilidade!!
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir

Comente à vontade, concordando ou discordando, mas com um único critério: use o bom senso! O blog é moderado.